Black Friday: otimize resultados com profissionais temporários

No momento você está vendo Black Friday: otimize resultados com profissionais temporários

Neste ano, a Black Friday está marcada para acontecer no dia 25 de novembro. E assim como nos Estados Unidos, onde sempre foi muito popular, aqui no Brasil ela também se tornou uma das datas mais aguardadas pelos consumidores.

Além de ser marcada por grandes promoções e recorde de vendas, a Black Friday também vem acompanhada de outro fenômeno – este, por sua vez, no mercado de trabalho: o aumento da demanda por mão de obra temporária.

Para atender a alta sazonal de clientes, muitas empresas veem a contratação de profissionais temporários como a solução ideal. Mas, para que essa parceria dê certo, é preciso tomar alguns cuidados específicos.

Quer saber quais são eles e entender melhor como funciona esse modelo de trabalho? Então siga com a leitura deste artigo! ☺

Como a Black Friday influencia o mercado de trabalho brasileiro

Para começar a falar sobre a contratação de profissionais temporários na Black Friday é preciso, antes, dar algum contexto histórico. Vamos, então, aos surpreendentes números desse período. 

Em 2020, a Amazon, um dos principais players do segmento de e-commerce, anunciou a abertura de 5,5 mil vagas no Brasil para atender a demanda de trabalho que teria durante a Black Friday e feriados no fim daquele ano. 

Na ocasião, a multinacional impactou vários estados brasileiros com a ação: foram abertas 3,1 mil vagas em São Paulo, 700 no Rio de Janeiro, 660 no Rio Grande do Sul, 370 em Minas Gerais e Pernambuco, 200 no Ceará e 100 em Brasília. 

Já em 2021, as previsões apontavam para um incremento de 25% na oferta de postos de trabalho devido à Black Friday, além de outros eventos como a Cyber Monday e os feriados de Natal e Ano Novo que aconteceriam na sequência. 

Do ponto de vista do faturamento, os números também impressionam. Na edição mais recente, a sexta-feira mais esperada do ano rendeu aos lojistas mais de R$ 4 bilhões. O resultado veio das mais de 5,6 milhões de vendas realizadas pela internet naquele dia. 

E para quem está se perguntando sobre a edição de 2022, as expectativas também são bastante positivas, mesmo com a alta da inflação.

Para se ter uma ideia, uma pesquisa realizada pela Globo recentemente constatou que 78% dos consumidores acreditam que o cenário financeiro deve melhorar até, no máximo, outubro. 

Ou seja: ao menos um mês antes da Black Friday acontecer, o brasileiro espera ter estabilidade financeira para poder apostar nas compras. Não por acaso, 50% dos entrevistados disseram que pretendem fazer novas aquisições na data.

Com projeções tão positivas, tudo indica que os lojistas deverão apostar, novamente, na contratação de mão de obra temporária para dar conta da alta demanda. E já que a Black Friday está logo aí, é importante que o RH dessas empresas já comece a se preparar!

Qual a importância da contratação de profissionais temporários neste período?

Seja para a Black Friday ou para qualquer outra data que eleve a demanda por produtos e clientes, é importante que as empresas entendam o que é a modalidade de trabalho temporário e de que forma ela pode contribuir. 

Em suma, os principais motivos que resultam na contratação deste tipo de profissional são os seguintes:

  1. Atender uma demanda específica de trabalho e por um período pré-determinado, conforme a necessidade da empresa contratante;
  2. Atender empresas que estejam passando, por algum motivo, por escassez de mão de obra qualificada; 
  3. A contratação de temporários também pode ser realizada devido à substituição de algum colaborador específico, em casos de afastamento ou licença maternidade, por exemplo. 

Diante de algum desses três desafios, os temporários são uma ótima opção para o departamento de Recrutamento e Seleção. Principalmente por garantirem agilidade no preenchimento da vaga e a segurança de que a demanda será atendida em curto período de tempo. 

O fato de essa ser também uma mão de obra que não compõe a folha de pagamento atrai as empresas. A contratante sabe que dali algum tempo, quando passar o pico de vendas, já não terá mais aquele custo mensal.

De forma resumida, os profissionais temporários garantem a entrega e a qualidade dos produtos, sem comprometer o desempenho futuro do lojista. 

Entenda como funciona a contratação de mão de obra temporária

Ficou curioso (a) para entender como você pode ter um profissional temporário em sua empresa? A gente te explica! 

O primeiro ponto que precisamos reforçar é o seguinte: você precisará contar com uma empresa especializada na prestação deste tipo de serviço, que é quem fará a intermediação entre a contratação do profissional temporário e a sua empresa. 

Isso porque a legislação brasileira diz o seguinte sobre esse arranjo de trabalho:  

“O trabalho temporário é aquele prestado por pessoa física contratada por uma empresa de trabalho temporário que a coloca à disposição de uma empresa tomadora de serviços, para atender à necessidade de substituição transitória de pessoal permanente ou à demanda complementar de serviços”.

Outro ponto que merece bastante atenção é com relação aos prazos de contratação. O contrato pode ser feito com duração de até 180 dias, com possibilidade de prorrogação por mais 90 dias. 

Por fim, vale destacar que, neste tipo de contratação, o colaborador temporário não possui vínculo empregatício com a empresa contratante. 

Todos os direitos que são assegurados pela Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) devem ser, portanto, cumpridos pela consultoria prestadora.

Você sabe quais são as funções que mais demandam temporários na Black Friday?

Com o grande volume de vendas no período da Black Friday, algumas funções ganham destaque no mercado. 

No caso da empresa com loja física, as vagas abertas costumam ser: 

  • Vendedor;
  • Caixa;
  • Balconista; 
  • Estoquista. 

As funções da indústria, em geral, também ganham vagas adicionais tais como a de Operador de Máquinas ou de Auxiliar/Ajudante de Produção. Aliás, essas posições representam, historicamente, cerca de 65% da demanda por temporários. 

No entanto, outros departamentos também têm conquistado espaço ao longo dos últimos anos. A área de T.I, por exemplo, com frequência exibe vagas temporárias nos períodos de alta demanda comercial. 

A tendência se deve, principalmente, à popularização das vendas online e da necessidade de promover uma boa experiência de usuário na web ou em aplicativos. 

Vendas, Marketing, Recursos Humanos e Finanças são outras áreas que, aos poucos, mostram potencial para contratação de mão de obra temporária.

Dica de ouro para não errar na contratação de temporários 

Como você viu até aqui, a contratação de mão de obra temporária começa a partir da busca de uma consultoria especializada nesta área.   

Sendo assim, a principal dica que temos para dar é a seguinte: tenha cuidado redobrado na hora de escolher o parceiro que irá intermediar a contratação dos seus temporários. 

Um bom parceiro comercial garantirá a qualidade nas entrevistas e adequação do perfil dos candidatos a sua necessidade.

Para não errar na decisão, é importante avaliar:

  • A experiência e estrutura desse parceiro; 
  • A capacidade de atender a sua necessidade dentro do tempo que você precisa e se é conhecido por cumprir com as exigências trabalhistas; 
  • Se a empresa já possui um banco de talentos – isso vai facilitar a entrega e garantirá a agilidade que citamos acima. 

Se você chegou até aqui e avaliou que a contratação de mão de obra temporária pode ser a solução para a Black Friday da sua empresa, saiba que o Grupo Meta RH oferece um serviço totalmente personalizado nesta frente. 

Quer entender como podemos ajudar a sua empresa na data mais importante do ano para o comércio?    

Deixe um comentário